[TUTORIAL] PERC H310/H810

Desktops

Desktops
Discussões, dicas e boas práticas a respeito dos Desktops e Workstations Dell.

[TUTORIAL] PERC H310/H810

  • Neste tutorial vamos seguir os passos para as principais configurações das controladoras PERC H310 e PERC H810:

    I - Entrando na Controladora PERC H310 / H810
    II - Teclas de atalho
    III - Criando um VD com RAID 0 ou RAID 1
    IV - Removendo um HD e recriando o seu array em RAID 1
    V - Carregar os drivers para a instalação do Windows
    VI - Como conectar os HDs corretamente
    VII - É possível subir somente um HD na perc H310 sem criar array?
    VIII - Diferença entre SATA e SAS 
    IX - O que fazer com HD status “foreign”
    X - Como configurar um hot spare

    I - Entrando na controladora:

    Para entrar no menu de configuração da controladora, devemos pressionar a combinação de teclas CTRL+R logo após o processo de POST do seu equipamento (assim que o logotipo da Dell sumir da tela ao ligá-lo).

    O menu abaixo será apresentado:

    Vamos entender cada um dos menus que temos:

    VD Mgmt - Tela para configuração dos nossos discos virtuais, formados através da combinação de discos físicos, criando um único volume virtual, chamado de VD (Virtual Disk)

    PD Mgmt - Tela para configuração dos discos físicos, onde temos opção para efetuar Rebuild, configurar a substituição de um disco, entre outras opções. PD Mgmt é a abreviação para Phisical Disk Management.

    Ctrl Mgmt - Tela para configuração da controladora para comunicação com o restante do equipamento. Lhe permite configurar a comunicação com a BIOS, apresentação de erros entre outras opções. Ctrl Mgmt seria a abreviação para Control Management.

    II - Teclas de atalho

    Temos algumas teclas que funcionam para a navegação neste ambiente:

    F1 - Ajuda
    F2 - Abre um menu com as operações disponíveis dependendo do item selecionado na controladora
    F5 - Atualiza a visualização dos dados
    Ctrl+N - Vai para a próxima aba dentro da controladora
    Ctrl+P - Retorna à aba anterior
    F12 - Seleciona qual a controladora a ser utilizada (no caso de haver mais de uma no mesmo equipamento)

    III - Criando um VD com RAID 0 ou RAID 1

    Na aba VD Mgmt, vamos selecionar no menu a nossa controladora, neste exemplo a Perc H800 e pressionar a tecla <F2> e selecionar a opção Create New VD:

    1. Em RAID Level, podemos pressionar a tecla <ENTER> e então selecionar qual opção desejamos. Neste exemplo vamos selecionar RAID-0, porém o processo para criação de outros RAIDs é o mesmo.
    2. Pressione <TAB> para ir para a configuração de Physical Disks. Nesta tela, selecionamos os discos que desejamos que façam parte desde VD pressionando a tecla <ESPAÇO>.
    3. Pressionando <TAB> novamente, estamos na seção de configuração básica, onde podemos alterar o tamanho total do VD e setar um nome para ele. Neste exemplo vamos deixar o tamanho máximo, com o nome de Teste.
    4. Vamos pressionar <TAB> novamente para ir às configurações avançadas. Temos as seguintes opções:
    1. Srtipe Element Size: Podemos setar o tamanho de cada segmento que será escrito nos discos físicos em RAIDs 0, 1, 5, 6, 10, 50 e 60. O tamanho padrão e recomendado é 64KB. Um valor maior lhe dará uma performance de leitura melhor se o seu sistema efetuar basicamente leituras sequenciais. Recomendamos deixar com o valor padrão.
    2. Read Policy: Seria a política de leitura da controladora. O valor padrão é Adaptive Read Ahead. A opção Read Ahead permite à controladora efetuar buscas sequenciais no disco prevendo as informações que serão solicitadas e armazenando em cache para ter um tempo de leitura maior. A opção No Read Ahead desabilita esta funcionalidade. A função Adaptive Read Ahead a controladora irá verificar se as leituras de discos estão sendo solicitadas de forma sequencial, e caso sejam, irá trabalhar na forma de predição. Caso sejam buscas aleatórias no disco, efetuará no formato de não predição.
    3. Write Policy: Política de escrita no VD. Temos as opções Write-Back em que é enviado um sinal à controladora quando todos os dados solicitados são enviados à controladora, para então serem escritos no disco. Write-Through indica que este sinal de operação completa é enviada somente após o disco ter sido escrito com os dados solicitados.
    • Pressionamos <TAB> novamente para selecionarmos a opção OK.

    6. Após a criação do seu RAID-0, precisamos inicializar nosso array para que o mesmo possa receber um sistema operacional. Para isto, dentro do grupo de discos de sua configuração, vamos selecionar o seu VD, e pressionar a tecla <F2>, selecionando então Initialization, e então Fast Init:



    Assim que terminar a inicialização rápida do seu disco virtual, o mesmo estará pronto para receber a instalação do sistema operacional.

    IV - Removendo um HD e recriando o seu arranjo em RAID 1

     

    Quando tivermos algum problema referente à comunicação do disco com a controladora, ou o mesmo for removido por alguma razão, o estado de funcionamento da RAID pode se alterar para "Degraded", como no exemplo abaixo:

    Este status altera a cor de seu VD para amarelo, informando que seu RAID continua em funcionamento, porém apenas parcialmente. Caso estivesse na cor  vermelha, o status seria de "Failed", indicando que o RAID não está operando.

    Expandindo a seção "Physical Disks", conseguimos localizar qual disco está causando este erro e temos algumas opções para reverter a situação pressionando <F2> no disco que consta com problemas:

    • Rebuild - Esta opção refaz a comunicação RAID nos HDs, tentando corrigir algum erro de comunicação, e refazendo todo o rebuild do seu arranjo. Este processo é o mais demorado, porém é recomendado.
    • Replace Member - Pode utilizar esta opção para substituir o HD com problemas. Selecione esta opção, e então na próxima tela, basta indicar qual HD será inserido no lugar deste e iniciar o Rebuild.
    • LED Blinking - Utilize esta opção para forçar o LED do HD piscar, desta maneira você consegue identificar qual HD está com defeito para substitui-lo.
    • Force Online - Força o HD à ficar Online, no caso de estar Offline por algum motivo. Esta seria a primeira opção para tentar resolver este tipo de problema.

    V - Carregar os drivers para a instalação do Windows

    Como o seu HD não está conectado diretamente à placa-mãe, o dispositivo responsável pela comunicação dele com o seu equipamento é a controladora (neste caso a PERC H310/H810).

    Ao instalar o Windows, nenhum disco será reconhecido, pois o Windows 7 e anteriores não contém os drivers necessários para carregar a controladora e se comunicar corretamente para visualizar os discos. 

    Neste caso, temos um simples passo a mais no ato da instalação do Windows no equipamento.

    Primeiramente, devemos efetuar o download do driver correto para nossa controladora:

    Após o download, devemos executar o aplicativo que irá extrair seu conteúdo para a pasta C:\Dell\Drivers

    Devemos então copiar esta pasta para um pendrive / HD Externo / CD ou DVD e então inseri-lo no momento da instalação do Windows.

    Na tela abaixo, onde selecionamos a partição correta para instalação, devemos selecionar "Carregar Driver"

    Na tela que aparecer, clique em OK, sempre validando que a opção "Ocultar drivers incompatíveis com o hardware deste computador", evitando algum problema de incompatibilidade futuro.

    Após carregar os drivers, você deve clicar em Avançar e então basta efetuar o seu particionamento, e iniciar a instalação do Windows.

    Este procedimento se aplica à instalação do Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1

     

    VI - Como conectar os HDs corretamente


    Para efetuar a instalação correta dos HDs na sua controladora, veja a imagem abaixo:

    Os HDs devem ser conectador à sua controladora, e não na placa-mãe do equipamento. Desta maneira, ela será a responsável pelo controle e comunicação com seus discos.

    VII - É possível subir somente um HD na perc H310 sem criar arranjo?

    Esta configuração é possível, porém alguns passos são necessários na configuração do seu disco.

    Quando temos apenas um HD conectado na controladora, podemos configurá-lo como RAID 0, ou então deixá-lo como "Non-Raid", onde não será possível efetuar a alteração do modo dele sem que seja refeito todo o arranjo.

    Para deixarmos como Non-Raid:

    1. Vá para a tela de PD Mgmt, pressionando <Ctrl>+<N> na tela inicial.
    2. Selecione o disco e então pressione a tecla <F2>
    3. Selecione a opção "Convert to Non-Raid"

    Para que seja possível a criação de RAID em um único disco, devemos:

    1. Vá para a tela de PD Mgmt, pressionando <Ctrl>+<N> na tela inicial.
    2. Selecione o disco e então pressione a tecla <F2>
    3. Selecione a opção "Convert to Raid Capable"
    4. Veja a seção III - Criando um VD com RAID 0 ou RAID 1  para validar como proceder com a criação do RAID 0

    VIII - Diferença entre SATA e SAS

    Aqui vamos listas as principais diferenças entre a tecnologia SATA e a SAS, ambas sendo do tipo de comunicação ponto-a-ponto entre dispositivos.

    Descrição SAS SATA
    Disponibilidade operacional 24 horas / 7 dias por semana 08 horas / 5 dias por semana
    Carga 100% 20%
    Sensibilidade à custo Moderada Baixo custo
    Latência e Busca  5,7 milissegundos, 15k RPM 13 milissegundos, 7.2k RPM
    Ordenação da fila de busca Total Limitada
    Tolerância de vibração rotacional Até 21 RAD/seg/seg  De 5 à 12 RD/seg/seg
    Entrada e saída por unidade 319 77
    Operação em Duplex Total Parcial
    Recuperação de setor danificado 7 à 15 segundos 30 segundos
    Vibração de sensores Mecanismo de compensação RV Sem compensação RV
    Tamanho do setor 518 bytes e permite controladora Tamanho fixo em 512 bytes
    Temperatura Aproximadamente 60ºC

    Aproximadamente 40ºC

    Garantia Até 5 anos Até 3 anos
    Código de FW Amplo Limitado
    LEDs Sim Não

    Além das especificações técnicas descritas na tabela, na prática, a velocidade de discos SAS é superior aos discos SATA.

    O ponto forte de discos SATA é o seu custo nos discos de menor tamanho, onde a tecnologia necessária para um disco SAS, de maior armazenamento, é muito mais cara.

    Dependendo do seu ambiente, necessidade de desempenho ou de espaço físico necessário, um disco SAS pode ser a melhor opção.

    Se não for necessário desempenho de busca e for necessário um espaço de armazenamento maior, o SATA se apresenta como melhor candidato.

    IX - O que fazer com HD status “foreign”

    Há casos em que pode haver um alerta na sua controladora informando um HD com o status "Foreign".

    Este status indica apenas que a configuração de RAID armazenada neste disco não foi reconhecida automaticamente pela controladora.

    É um problema comum, que pode ocorrer pelo simples fato de remover um HD do equipamento e então reconectá-lo novamente.

    Para solucionar este problema, devemos fazer o seguine:

    • Na tela de VD Mgmt, selecione a controladora apresentando este status e pressione <F2>
    • Vá até o item "Foreign Config" e pressione a seta para a direita
    • Há duas opções disponíveis: "Import" e "Clear"
    • Import: Utilize esta opção para importar a configuração do disco para a controladora (no caso de remover o disco e recoloca-lo)
    • Clear: Esta opção irá limpar qualquer configuração presente no HD, sendo possível utilizar este disco para a criação de um novo RAID ou um Hot Spare.

    Ao selecionar a opção "Import", uma nova janela irá se abrir, com todas as informações da importação, onde você pode confirmar os dados antes de finalizar o processo.

    X - Como configurar um hot spare

    Definição de Hot SpareSe houver erros de E/S em qualquer local do disco, todos os subdiscos íntegros e os subdiscos de volumes redundantes nesse disco serão movidos automaticamente para um disco de segurança designado.

    Para configurarmos estes discos, já com nossa RAID montada, devemos fazer os seguintes procedimentos:

    • Selecione o seu Disk Group, e então pressiona <F2> para aparecer as opções. Vamos selecionar a opção "Manage Ded. HS":


    Na janela que abrir, vamos ter listados os discos disponíveis para serem utilizados como Hot Spare. Basta selecioná-lo pressionando a tecla <Espaço>, e então pressionar o botão OK:

    Podemos então validar na tela principal a criação do grupo Hot Spares com os HDs selecionados dentro dele:

    Espero ter auxiliado pessoal, e qualquer dúvida que tiverem, não deixem de postar aqui :)

      Marlon J Fernandez
     Fórum Moderator
     Client ProSupport

    Mensagem Privada | Chat | Twitter | Facebook | 0800 970 3355

    Clique em   aqui em baixo caso esta postagem tenha respondido à sua pergunta.

  • Marlon, no caso de realizarmos o procedimento:  VIRTUAL DISK >> INITIALIZATION >> START INIT, os dados físicos das HDs são zerados?

    Já executamos este procedimento em um servidor poweredge 2950, pois este parou de reconhecer uma das HDs. Agora em outro server, o mesmo procedimento parece ter zerado os dados. É possível recuperar algo, caso isso tenha acontecido?

  • Priscillaos,

    Este procedimento desfaz o array que possui e cria um novo, apagando os dados em seu equipamento.

    Infelizmente caso não tenha um backup íntegro antes da realização deste processo, todos os dados são perdidos e desconheço alguma forma de recriarmos o VD que existia anteriormente.

    Ai efetuar a inicialização do disco virtual, você "zera" ele para a instalação do sistema operacional.

      Marlon J Fernandez
     Fórum Moderator
     Client ProSupport

    Mensagem Privada | Chat | Twitter | Facebook | 0800 970 3355

    Clique em   aqui em baixo caso esta postagem tenha respondido à sua pergunta.

  • Marlon, Boa tarde!

    Poderia me ajudar em uma questão ? tenho um servidor Dell Poweredge 2950, nesse servidor esta rodando um Linux Centos, com HD em Radi1, um desses HD's deu problema e tive que fazer a troca, baixei o servidor, inseri o HD, fiz o rebuild , o disco ficou online e o status da Raid esta como "Optmal", consegui subir o servidor normalmente, porem os 2 LED's do HD 1 que foi substituído ficaram acesos e um deles (led inferior) pisca apenas quando tem atividade no HD em sincronia com HD 0.

    Os dois disco são da mesma marca e mesmo tamanho, unica diferença é que o HD0 queja estava servidor é um Dell cheetah 15K.6 e o novo HD é 15K.7.
    poderia me ajudar informando se existe um problema ?

    desde já agradeço

    At.,

    Luciano Fernandes